Projeto de curso web master na Microlins

Conversei com o Daniel, gestor administrativo da Microlins, mas para os amigos, Durgante. Me falou sobre a unidade aqui de viçosa, a qual achei tranparente e com boas propostas de crescimento no curto prazo. A vaga em questão é a de estagiário de gestor administrativo, ou seja, serei estagiário do próprio Daniel, o que quer dizer que no futuro, quem sabe, executarei algumas de suas funções, para que ele possa bater asas mais alto.

Se eu conseguir a vaga, procurarei aprender o máximo possível do que a equipe tem a me ensinar, mas também creio que posso contribuir com muitas coisas novas, e o melhor, que dão dinheiro. O produto em questão é um curso de Web Master. Por que Web Master e não Web Design? Simples.

O Web Design, como o próprio nome diz, trata a respeito do design da web, o que implica dizer, que um sujeito que tem apenas esta especialidade (reparem que especialidade é diferente de diploma) não pode trabalhar com programação, banco de dados, mensuração de audiência, servidores e monetização de conteúdo.

O sujeito que tem estas qualificações é chamado de Web Master, aqui no Brasil termo não muito conhecido, porque as agências de publicidade, no geral, são verdadeiros navios negreiros em que todo mundo faz tudo, e acaba não fazendo nada, lá éramos apenas os caras que trampavam com Web. Pois bem, agora vem a parte interessante da charada, como se tornar um Web Master sem precisar de fazer os cursos, Ciência da Computação, Tecnologia da Informação, Publicidade, Produção Multimídia e Administração? Novamente simples.

Faça um período e meio de publicidade, saberá o quanto o curso está defasado perante à publicidade na web, que é onde a grana está. Mude para Produção Multimídia e veja que comprar um curso da ADOBE completo na IPEC é muito mais negócio, os faça. Se descubra um péssimo design e um cara não tão disciplinado assim para ser programador. E por fim, largue tudo, inclusive o estágio que fazia em agências de publicidade web. Se mude para viçosa, comece Administração e seja o dono de seu próprio site feito com Software Livre, tecnologia que dispensa conhecimento em programação e de fácil instalação no servidor. Tudo isto pronto seja parceiro do google e comece a ganhar algum dinheiro com publicidade. Este é o serviço que abrange todas as áreas citadas acima, o serviço de Web Master, e se souber escrever bem será blogueiro!

Mas se não puder fazer tudo isto, faça o curso de Web Master da Microlins. Eu mesmo o criei.

Publicado por

Diego Lopes

Graduado em admnistração pela UFV, atua na como coordenador de projetos web há mais de dez anos. Já trabalhou em 3 empresas no Vale do Silício e gerenciou mais de 1 milhão no Google Adwords e 100 mil dólares no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *