Vou tentar conseguir aporte de capital de risco no congresso Cparty

Antes de se chamar culturalivre.com meu portal era um blog de nome diegolopes.com.br. Na verdade, no início era pra ser apenas um portifólio,  depois eu vi que ficou muito bom, e dava pra aprender mais coisas. Decidi aprender um pouco mais sobre audiência, vi que era a onda do momento e descobri que a ferramenta mais apta a captar audiência, é o Worpdress. Devido aos seus plugins, à força de sua comunidade em se manter unida, e à sua proposta de estabilidade. É por isto que venho pedir aporte de capital para manter a estabilidade do software, principalemente dentro de vossos servidores, ó serviço de hospedagem! Economizando assim hroas de serviço de suporte muitas vezes inadequando ao real problema do cliente.

Vejam quantas pessoas usam WordPress no Brasil e no Mundo:
O quanto a plataforma cresce:
Como seu principal representante ganha dineiro:
Porque nós seríamos um parceiro dele e não um concorrrente:
Falar que Software Livre já é melhor que software pago há muito tempo:
Porque começar investindo no WordPress e não em outro: Para responder este tópico experimentei uma ferramenta usada para medir a qualidade do CMS, infelizmente ela se mostrou ineficaz emvários sentidos além de muito desatualizada. Então vou falar sobre minha experiência:

Gostaria de listar aqui alguns tópicos:

  • Possui em torno de 7000 plugins em seu repositório
  • Possui em torno de 1000 temas em seu repositório
  • Dispensa o uso de cliente FTPs para instalar plugins ou temas
  • Por seu core ser bastante exuto é o talvez o mais estável CMS
  • Maior facilidade de navegação
  • Sai duas grandes versões a cada ano
  • Possui uma grande comunidade brasileira e mundial
  • Informa pelo painel de controle sobre atualizações de novos plugins, temas ou do próprio WordPress
  • 150 pessoas fazem seu Core
  • chegam a ter comunidades em torno de apenas um tema. Ex: themehybrid.com
  • estes temas chegam a ficar tão cheio de funções que passam a ser framekors, blibliotecas para se desenvolver childthemes sobre elas
  • maior integração com outros softwares livres, o que gera uma harmonia de processamento da máquina na hora do trabalho. Ex: cPanel e WHM
  • Listar alguns exemplos (apresentar alguns plugins e falar sobre a pesquisa envolvida em torno dele)
  • Falar em quem se deve investir

Plugins que fazem o diferencial da plataforma:

  • Askimet – Proteção contra Spans
  • Global Translator – Tradução automática para 41 línguas. Estas traduções ficam disponíveis em cache e são indexadas pela Google
  • Google Analycator – Insere automáticamente o código do analytics em todas as páginas. É possível configurá-la para que não conte quem es’ta logado no sistema
  • Google XML SItemaps – Gera um XML das páginas desejadas automáticamente
  • NextGen Gallery – Sistema robusto de gerenciamento de imagens
  • Hyper Cache – Sistema para prevenir o consumo excessivo de CPU, transformando páginas dinâmicas em páginas estáticas
  • Mailpress – Sistema robusto para envio de mailing. Com ele é possível medir: quem recebeu, quem clicou, quem deletou…
  • Role Manager – Gerencia regras de acordo com a hierarquia de permissão que cada pessoa tem no sistema, se é editor, administrador, escritor, etc.
  • TubePress – Sistema de integração do youtube com a plataforma WordPress. Com ele é possível trazer uma playlist inteira para seu site
  • Widget Context – Com este plugin é possível determinar quais informações serão chamadas em cada página de acordo com a URL dispensando o uso de programação
  • WP-Polls – Sistema robusto de enquetes
  • WP-Smush.it – Sistema para otimizar as fotos que são enviadas ao site com o gerenciador nativo de imagens do WordPress
  • WP_OneInstall – Com este plugin é possível gerenciar vários sites duma mesma instalação. Veja como usar o plugin wp_OneInstall

Este é o escopo do projeto que irei apresentar no CPLabs na Campus Party, pra quem não sabe, CPLabs é onde se corre atrás de aporte de capital de rico para projetos Web.

Publicado por

Diego Lopes

Graduado em admnistração pela UFV, atua na como coordenador de projetos web há mais de dez anos. Já trabalhou em 3 empresas no Vale do Silício e gerenciou mais de 1 milhão no Google Adwords e 100 mil dólares no Facebook.

Um comentário sobre “Vou tentar conseguir aporte de capital de risco no congresso Cparty”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *