Sobre a tecnologia num futuro próximo para a educação infantil e posterior.

Eu acabei de ler um excelente texto de Marco Gomes sobre as mudanças das coisas atuais e o quão importante é concentrar-se no que não muda. É aquela velha história de quando os empresários americanos da área ferroviária fizeram uma pesquisa perguntanto se havia interesse das pessoas em ir de trem do leste a oeste. Todas claro responderam que sim, na época o carro não era uma coisa que todo mundo tinha e nem havia estrada pavimentada do leste para oeste nos eua. Visto que a pesquisa foi um “sucesso” eles começaram a construção, quando estavam terminando o automóvel já estava bastante difundido e estradas já tinha sido construídas. Resultado: foi um fracasso de venda de passagens e eles quase faliram pq não se concentravam no que importava que era o desejo de chegar aonde queria ir, não importa qual a tecnologia usada.

É isso que as escolas deveriam passar a ensinar, como resolver desejos e anseios e não ficar tentando enfiar informações na gente guela a baixo. Isso se aplica tanto à escola quanto ao dia-a-dia. Parece até que Addam Smith nunca existiu, parece que coisas como lei da oferta e procura foram renegadas. Eu acho que tá faltando mais radicalismo da galera da web pra mudar essa porra! Vamos fazer um manifesto, tacar fogo nas escolas seilá auhauhahahuahhaua, mas do jeito que dá não dá pra continuar. Mas um a coisa me tranquiliza eu sei que a revolução já está em andamento e que tem muitas pessoas que estão pensando como eu. A única coisa que ainda nos segura é o tempo. Com certeza a velocidade da web e a capacidade de aramazenamento de dados vai aumentar ainda mais. Será possível achar vídeos longos e de boas qualidades na web daqui a pouco tempo com certeza. O que possibilitará podermos aprender com o professor que quisermos de qualquer parte do mundo. O que nos deixará livres para pararmos de decorar já que a informação estará lá sempre que precisarmos, e irá perder valor(lei da oferta e procura) e irão surgir outras que terão mais valor(é assim que o mundo anda). Intão num sei pq esse medo dos professores de gravarem suas aulas, durante um tempo ela vai render fama e grana na net(com publicidade sua anta!), intão professores ve se larguem o osso e passem a estudar como colocar conteúdo na web de qualidade!

Escutei dizer que o Youtube irá habilitar transmissão de vídeo ao vivo pela web ao final do ano, e já tem muitos outros que fazem isso. O site MetaCafe além de ter opção de assistir programação ao vivo também paga pela visualizações. Acho que tá em 5 dólares cada mil. Existem váaaaaaaaarios vídeos na web que foram vistos mais de 500 mil vezes (500×5 dólares), caralho fiz as contas aqui e deu 2500 dólares, será que é isso mesmo? acho que fiz conta errada, bom vale dar uma conferida. Outro site que também faz transmissão ao vivo é o Ustream. Tem um outro bacana também que você pode ver como andam as ondas em algumas praias do Brasil e até mesmo movimentar as câmeras, é o e-surf.

Bom o texto já tá ficando muito grande intão a gente fica por aqui, mas pretendo escrever mais sobre o assunto, Abço galera.

Publicado por

Diego

Graduado em admnistração pela UFV, atua na como coordenador de projetos web há mais de dez anos. Já trabalhou em 3 empresas no Vale do Silício e gerenciou mais de 1 milhão no Google Adwords e 100 mil dólares no Facebook.

One thought on “Sobre a tecnologia num futuro próximo para a educação infantil e posterior.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *